As águas e cadenas de março

^ Jana na via Trem da Alegria (7b).

Março chegou e com ele as chuvas… Finalmente, depois de alguns anos, o mês de março está sendo bem chuvoso. Nos últimos anos, março era um mês seco e sem chuva. Lembro dos moradores da roça reclamando da falta de chuva nessa época do ano quando íamos escalar no interior.

O interessante é que a temporada das chuvas veio acompanhada de raios e trovão, coisa rara por esses lados. Na semana passada foram tantos raios que até virou notícia por aqui.

Noite eletrizante em Vitória.

Com isso, as escaladas também ficaram um pouco prejudicadas, mas quem tem Calogi tem pedra seca!

No sábado, contrariando todas as previsões rolou um Calogi básico e bem abafado com a Jana e a Lu que foram as únicas que acreditaram na lenda do “Calogi Impermeável”.

Na semana passada a Jana já tinha mandado a via “Tempo de Chuva” (7b) e agora que ela virou escaladora de sétimo grau, mandou a “Trem da Alegria”, outro 7b, com certa facilidade. Existe uma fase na vida de um(a) escalador(a) onde tudo começa a dar certo e as cadenas começam a fluir com naturalidade. Com certeza a Jana está passando por  essa fase. Quem já viveu isso sabe o quão motivador é isso.

Jana na via “Trem da Alegria” (7b).

Já a Lu começou o ano com uma meta bem ousada, mandar a via “Linha Final” (8b). Essa é uma via clássica e dura que fica no 1o andar de Calogi e foi equipada em 2010 por mim e o Rebit. Até onde pude notar, acho que a cadena já está bem perto, pois ela está chegando com certa facilidade no crux, embora o “crux master” seja dominar a última agarra da costura. É aquela coisa: muito perto, mas ao mesmo tempo muito longe.

Entrando no 2o terço da via.
O crux final, buscar o batente usando uma invertida vergonhosa.

TAGS:

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Fechar Menu