Calogi – aviso de utilidade pública! Leiam!!!

_DSC2662

Ontem, sexta-feira, recebi um aviso do escalador DuNada falando que o Sr. Ronaldo, um dos proprietários de Calogi, gostaria de falar conosco pessoalmente!

Então, em pleno sábado de sol, tiramos o nosso tempo livre e fomos até Calogi, eu e o DuNada ver o que o Sr. Ronaldo queria conosco.

Chegando lá, em menos de 10 minutos de conversa, ele disse claramente: A PRESENÇA DE VOCÊS, ESCALADORES, NÃO É MAIS BEM VINDA! Na hora, gelei, fiquei sem reação e deixei ele falando enquanto tentava me recompor e pensar em algo.

Logo em seguida ele explicou os motivos que o levaram a tomar essa decisão tão radical:

1- A principal de todas! Atitude de algumas pessoas que frequentam o local e usam termos não apropriados, em outras palavras, muitos palavrões em voz alta! Segundo ele, é muito chato, numa tarde de domingo, quando ele recebe visitas, inclusive de crianças, ficar ouvindo palavrões vindo lá de cima.

Mais tarde, descobrimos que essa reclamação não é isolada e que outros moradores também se sentem incomodados com o palavreado, e que isso já vem acontecendo há bastante tempo;

2- No último domingo, dia 22, ele falou que foi a gota d’água quando, segundo ele, 2 pessoas (mulheres) soltaram o verbo na base das vias e que na saída, quando foram abordados pelo meeiro no portão para que passassem na casa dele para um conversa, simplesmente não passaram lá e foram embora. Ele considerou essa atitude muito desrespeitosa;

3- Também reclamou que algumas pessoas andaram acampando na base das vias (já sabemos quem foram), o que é terminantemente proibido!

Todo mundo sabe que não pode acampar lá, mas as pessoas insistem em querer dar uma de malandro… Achando que podem tudo, mas se esquecem que estão prejudicando o resto!

Conversa vai, conversa vem, conseguimos reverter a situação. Prometemos que falaríamos com as pessoas e que iríamos tentar trabalhar para baixar a bola da galera na base das vias, principalmente no palavreado.

 

Sendo assim, solicitamos mais uma vez que:

Manere no tom de voz e no palavreado. Lembre-se de que tudo que falamos é ouvido lá embaixo na casa das pessoas;

Não acampe na base das vias em hipótese alguma! Se realmente for preciso acampar, vá até a casa do Sr. Ronaldo ou Sr. Jorge e solicite autorização para acampar no pátio de casa;

Seja cordial com os moradores locais, se alguém está pedindo para passar na casa de alguém para uma conversa, não saia dando as costas;

Não consuma drogas ilícitas na base das vias. O Sr. Ronaldo falou que, às vezes, ele sobe cortando a mata para ver de longe o que anda acontecendo por lá. Inclusive nos contou de um fato chato que andou rolando também numa dessas investidas.

E lembre se de que lá somos todos farinha do mesmo saco: escalador, caçador, turista, visitante… Somos todos escaladores diante dos proprietários. Se alguém fizer algo errado, quem irá pagar a conta seremos nós! Então sejamos consciente com as nossas atitudes e principalmente com as dos outros.

Calogi é o nosso principal point de escalada esportiva do estado e está dentro de uma propriedade particular altamente sensível. Por isso vamos cuidar com carinho para não perdermos este local!

Bom final de semana!

Postagens relacionadas

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.