Infinita Highway (6o, VIIIa, D2, E3, 160m)

Calogi - Serra - ES

Alt. 340m

  • Poul na 1a enfiada
 

Avaliação

[star rating=”5″]

Data da conquista

27/04/2013

Conquistadores

  • Caio Afeto
  • Naoki Arima
  • Roney DuNAda

Aproximação

Para saber como chegar na área de escalada de Calogi, clique aqui!

Para chegar na base da via. Passe por todos os setores de escalada e assim que chegar na última via do Totem, desça a pirambeira, sempre junto a pedra, até encontrar a via. Caminhada de aproximadamente 15 min. em terreno íngreme.

 

Sol/sombra

A face fica voltada para noroeste e durante o inverno pega sol a partir das 9h da manhã. No verão o sol bate na pedra a partir das 13h.

Equipo

  • 2x corda 60m;
  • 15 costuras, sendo a metade longa;
  • Friend (Camalot #.5, #.75 e #2);
  • Material de abandono para o rapel (P7).
 

Descrição das enfiadas

1a enfiada

Enfiada curta de aproximadamente 17m para acessar um pequeno platô. 3 proteções. Móvel opcional (Camalot #2) no diedro. 5o grau.

2a enfiada

Outra enfiada curta de uns 15m de um platô para o outro. Tem um pequeno crux na virada do negativo (7a). Depois segue para direita e volta para esquerda. Cuidado com os blocos soltos perto da P3. É possível juntar a 1a e a 2a enfiada para ganhar tempo (35m)

3a enfiada

Enfiada constante graduada em 7c. A P4 fica no meio da via num pequeno platô. As chapeletas não estão com argolas. Gerenciar as costuras para minimizar o atrito.

4a enfiada

Enfiada curta que pode ser juntada com a terceira, mas o arraste aumenta consideravelmente. Tem um lance exposto na saída da enfiada com potencial fator 2. Cuidado com os blocos soltos na chegada da P5. É possível emendar a 3a e 4a enfiada (35m).

5a enfiada

Enfiada começa protegendo em móvel (um Camalot #.5) e depois segue pelas chapas até alcançar uma parada num platô. Não é uma escalada constante, mas com passadas duras isoladas. Uma das melhores enfiadas da via. 7c. 30m

6a enfiada

Enfiada longa e exigente que começa com um lance exposto até buscar um pequeno platô. Depois segue por uma sequência dura até a pedra perder inclinação (8a). Gerenciar bem as costuras para minimizar o arrasto. Vide no croqui a proteção-chave para minimizar o arrasto. 35m

7a enfiada

Escalada em aderência que começa com um pouco de trepa mato com pedra até buscar uma rocha mais limpa. Sequência intercalada com vários crux´s. 7a. 35m

 

Rapel

No cume há uma fita abandonada com mosquetão que serve para trazer a corda para a borda e auxiliar na hora de puxar a corda. É recomendável abandonar uma outra fita como backup. Do cume, descer de parada em parada até a base.

Se estiver escalando com 2 cordas de 70m, levar a 1a corda até a P4 e depois seguir a escalada até o cume com 1 corda. Descer do cume até a P4 de parada em parada com uma corda de 70m e da P4, emendando as duas cordas de 70m, descer até a base.

Tempo médio

Normalmente a via pode ser repetida em 4 a 5 horas de escalada, mais uma hora de rapel pela própria via.

Recomendações

A dica é entrar de manhã bem cedo na via para aproveitar ao máximo a sombra. Vale lembrar que, durante o verão, o sol demora mais a bater na parede. Mas a melhor condição é um dia frio e nublado de inverno quando a temperatura é mais amena.

Fotos

Leia mais no blog

Última escalada do ano!

^ Felipe Alves na enfiada crux da via Infinita Highway. Para mim, a última escalada do ano é cheia de simbolismo, assim como a primeira.

Messner + Infinita Highway

O Calogi que dorme! Na sexta-feira à noite, no canal Off, passou um mega-documentário sobre a vida do lendários montanhista Reinhold Messner. Não preciso nem

Infinita Highway (8a?)

Aproximação pelo cafezal. Aproximação clássica por aqui. No último sábado, eu e o Afeto finalmente finalizamos a diretíssima da face norte do Calogi. Foi uma puxada

Montanhistas

Porque todos somos um pouco…   Afeto começando a via “Planeta dos Macacos” (7b), Calogi.  

Assinar blog por e-mail

Junte-se a 36 outros assinantes

Fechar Menu