Jardim Labirinto (5o, VIa, D2, E3, 235m)

Lage das Pedras

NE
1h 30
20 min.
4h - 5h
40 - 50 min.

Avaliação

[star rating="3"]

Data da conquista

13/04/2013

Conquistadores

  • Caio Afeto
  • Naoki Arima
  • Roney DuNada

Aproximação

Saindo de Vitória, tome a Rodovia do Sol em direção a Guarapari, passando por Vila Velha via Terceira Ponte. Assim que passar pelo pedágio de Guarapari, entrar à direita na estrada que leva a Aquamania (tem uma placa). Passe pelo perímetro urbano e logo em seguida, depois de um condomínio de casas, vire à esquerda. Siga sempre pela principal e na primeira bifurcação, tome à direita e mais adiante, novamente à direita. Siga sempre pela estrada até ver a pedra à esquerda. Assim que estiver de frente para a pedra, pegar uma saída à esquerda bem óbvia com uma porteira. Siga por esta estrada até o fim, passando por mais duas porteiras. O último sítio é do Sr Lídio Alvarenga. Solicite passagem e siga caminhando em direção à pedra. A caminhada é bem tranquila e intuitiva. Quando o pasto acabar, vire à esquerda em direção a pedra até encontrar uma trilha muito bem demarcada na mata que leva até a base da pedra. Da base da via é difícil ver as chapas, mas há um totem de pedra que marca o início da via.

Sol/sombra

Via com a face voltada para nordeste com sombra à tarde. No verão é preciso se atentar para as tempestades de verão que podem ser bastante intensas na região.

Equipo básico

Uma corda 60m, 13 costuras. Se for descer pela via, é preciso 2 cordas de 60m e fitas para abandono.

Croqui

2016-09-17_jd_labirinto_foto

1a enfiada - Solo, sem grampo até a P1. 30m. Dificuldade IIo. Dá para ir de bota.

2a enfiada - Enfiada crux da via. Enfiada de 7o grau com muitas passadas de aderência. Os movimentos mais duros estão na travessia final à esquerda. Sexto grau obrigatório. 35m, bem protegido E2.

3a enfiada - Enfiada em diagonal à esquerda com passada de 6o grau na saída. Depois segue por um terreno mais tranquilo até o platô. Parada natural. 35m.

Caminhada pela mata à esquerda contornando a base e subindo pelo costão para chegar na base do diedro.

4a enfiada - Começa num diedro sujo. Proteção móvel opcional (Camalot #3 e #4), depois segue pela aderência em chapas (2) até a árvore. 20m.

Caminhada pela mata. subir a mata até encontrar um formigueiro gigante. Quebrar à esquerda nesse ponto e seguir até a pedra.

5a enfiada - Escalada tranquila com um crux fácil na saída. Depois segue contornando a pedra até ganhar o platô e finaliza numa grande travessia. 35m.

6a enfiada - Enfiada curta com um crux na saída, depois a pedra perde inclinação e tudo fica mais fácil. Usar a parada acima, mas a dica é não parar nela e seguir à direita até uma outra parada um pouco mais abaixo.

7a enfiada - Começa em diagonal à direita seguindo um veio de cristal até ganhar o lance e depois segue em travessia à esquerda até chegar no platô. A parada está no final do platô.

7a enfiada (variante) - Assim que chegar na 1a parada dupla, em vez de fazer a travessia à direita, seguir reto para cima por uma linha bem óbvia. Enfiada de uns 20m com 8 proteções fixas e dois crux's. 7o SUP.

8a enfiada - Enfiada curta de 20m com 2 crux's de 6o na sequência. Os dois lances podem ser roubados. Cume!

Tempo médio para repetição: 4h - 5h.

Descida

Descer pela trilha caminhando. Ao chegar no cume, contorne o bloco final pela direita até chegar numa laje. É possível desescalar esse trecho ou fazer um rapel de 35m em árvore. Após esse trecho, desça pela gruta que separa os dois cumes por uma trilha bem óbvia até chegar no pasto aberto. Do cume até o estacionamento são aproximadamente 50 minutos de caminhada.

Para descer pela via é preciso material de abandono e duas cordas de 60m.

Postagens relacionadas

Primeira investida

Ataque final

Variante da via

1a repetição da "Jardim Labirinto Direct".

Outras vias

Além dessa via, ainda há mais duas vias nessa pedra, a Lídio Alvarenga e a Caminho do Vento.

Assinar blog por e-mail

Junte-se a 36 outros assinantes

Fechar Menu