Praia dos Padres – Meaípe

Guarapari - ES

Alt. 0m

Como chegar

A Praia dos Padres fica em Meaípe, sul de Guarapari. Da capital, Vitória, são aproximadamente 70km (1h30) por uma estrada boa e pedagiada. Para chegar à Praia dos Padres de Vitória, tome a Rodovia do Sol que liga Vitória às praias do sul. Antes de entrar em Guarapari, saia da rodovia e tome a rodovia do contorno que contorna a cidade por fora e siga a sinalização em direção a Meaípe. Assim que voltar novamente para a Rodovia do Sol, depois de Meaípe, volte em direção a Guarapari, passando por Meaípe.

Assim que passar por Meaípe, há uma entrada à direita, junto a Pousada Enseada do Corsário, com 3 bifurcações. Tome a entrada da esquerda e estacione o carro no alto do morro. A praia está à esquerda.

Depois disso, é só descer pela trilha em direção a praia. Os boulders podem ser vistos já do estacionamento.

Mapa

Filtrar por

 

Melhor época

Com certeza o verão. Embora faça bastante calor, há muito vento para amenizar o calor. Os boulders pegam sol o dia todo, mas no final do dia as nuvens tendem a aumentar e o calor dar uma trégua. Fique de olho nas condições das marés, uma vez que muitos blocos ficam junto ao mar. Evite o período da lua cheia/nova.

Equipo

Leve bastante água, pelo menos 3 crash pads (a base é de pedra) e esparadrapo.

Água e comida

A praia não tem quiosque, por isso leve tudo de casa. Em Meaípe há algumas padarias e mercadinhos.

Bloco da maré

1- Siri (V4) ***
Sit start. Quando a maré estiver alta, não tem como fazer esse boulder.

Marimbondo

1- ? (V0) ****
Problema tranquilo em agarras grandes. No verão costuma ter marimbondos. Cuidado! Tem 2 grampos no topo do bloco, mas estão em condições duvidosas.

2- ? (V0) ***
Problema tranquilo em agarrões. Tem uma variante em sit start que é um pouco mais dura.

3- Tubarão (V5) ****
Sit start. Problema bonito e atlético. Não rola de fazer quando a maré estiver cheia.

4-? (V0) **
Problema simples só em agarras grandes.

5- ? (?)
Versão sit start

6- ? (V6)*****
Um dos problemas mais bonitos do local. Usar bastante crash para proteger. Expo!

7- ?
No bloco ao lado (na foto, onde está o logo) tem um problema (sit start) que começa bem baixo e segue até o topo da pedra.

Entrada

1- ? (V1) **
Linha que segue por uma antiga via. Inclusive ainda há um grampo bem velho. Também tem uma versão sit start.

2- ? (V3) **
Problema pela aresta passando por umas agarras bem pequenas.

Highball

1- ? (V0) ****
Highball em agarras boas. Usar bastante crashpad.

2- ?(V9?) *****
Problema difícil que começa na aresta até a virada. Na versão sit start, começa na outra face, segue pela fissura em diagonal, vira a aresta e segue até o cume.

Invertidão

1-?
Começa numa agarra invertida e vira o bloco.

2- ?
Problema direto que começa na mesma invertida.

3-?

4-Giroflex
Problema que consiste em dar a volta no bloco.

Isolado

1-? (V0) – SDS
Segue pela aresta até dominar o bloco. Normalmente tem uma poça d´água na base que atrapalha a saída.

2-Sorriso (V3) – SDS***
Começa em uma laca bem evidente e segue para esquerda até virar o bloco.

3- ? (V2) – SDS****
Mesmo começo da “Sorriso” só que vai à direita até a virada.

Costão

1- Ovelha de lesma (V2)
Problema de placa.

2-Linha do bonde (V2)
Problema de placa que segue o veio.

Leia mais no blog

Praia dos Padres

O metro quadrado mais valorizado da praia, a sombra! Feriado preguiçoso em plena terça-feira (para quem trabalhou na 2a-feira…) remete a uma escalada descompromissada. Melhor

Bouldering no ralador Meaípe

Sem maiores delongas, segue umas fotos da sessão de boulder que fizemos na tarde de domingo na Praia dos Padres em Meaípe, ES. Felipe trabalhando

O medo e a indiferença

  Chuck Nóia mandando um V2, todo cagado, na Praia dos Padres em Meaipe com a segue super atenta de DuNada. Fotografado com a P7100

Boulders da Praia dos Padres

Conforme o post anterior (abaixo), estou colocando as fotos dos blocos da Praia dos Padres para começar a organizar o croqui. Tirei foto de todos

Praia dos Padres

Os gaúchos tem a Praia da Cal; os catarinas, a Praia Mole; os paulistas, Ubatuba; e os cariocas a Urca. E o que os capixabas

Assinar blog por e-mail

Junte-se a 36 outros assinantes

Fechar Menu