Pedra do Camelo

Pancas - ES

Alt. 720m

As vias tradicionais da Pedra do Camelo estão localizadas na face norte da pedra. Pelo grande proximidade com a área de camping (Sítio Cantinho do Céu), esta face possui diversas vias tradicionais. Atualmente existem 4 vias tradicionais nesta face: a via Marimbondos, Boas Vindas, Paranauê, Supercanaleta e Canaleta Joinville, respectivamente da esquerda para direita.

Como chegar

Para quem vem de Vitória, tome a BR-101 em direção ao norte do estado e no trevo de João Neiva acesse a BR-259 em direção à Colatina. Passe por Colatina em direção ao norte do estado pela rodovia ES-080. Aproximadamente 32km após cruzar a ponte sob o Rio Doce, num trevo, acesse à esquerda em direção a Pancas. Embora o acesso seja sinalizado, é muito fácil passar pela entrada e perder o acesso. A partir do trevo rode mais 17km até o acesso a Córrego Palmital que fica 3km após um posto de gasolina. Siga pela estrada de chão por mais 1,6km até o acesso ao Sítio Cantinho do Céu (sinalizado). De Vitória até o camping são aproximadamente 180km (2h30).

Para acessar a base da via: Do camping, retorne pela estrada de chão até a última casa, antes da ponte. Passe pela frente da casa e cruze o riacho numa área aberta. Suba o pasto sujo até encontrar o costão e siga em direção à base da via. Outra alternativa é passar em frente a casa, seguir pela estrada de café e subir à esquerda no entroncamento até o ponto onde a estrada passa perto de uma cachoeira. Entre na mata, cruze a cachoeira e siga em direção à base da pedra.

A base da via não é bem clara, mas como referência, use um grande platô de mato que fica à esquerda da P1. Os totens de pedra levam à base da via Supercanaleta.

Mapa

Filtrar por

 

 

Tempo

A face da pedra fica voltada para face norte com sol o dia inteiro. A melhor opção para escapar do calor é escalar no inverno e entrar na via o mais cedo possível. Em média, a escalada dura aproximadamente 3-4h.

_DSF4774 Roney DuNada no início da 5a enfiada.[/caption]

Croqui

_DSF4797-Pano Face norte da Pedra do Camelo. No centro da imagem é possível ver o grande platô de mato que serve de referência.

Via Paranauê

Esta via foi conquistada pela dupla de escaladores paranaenses, Victor Beal F. e Daniel Amorim em meados de 2014. Para ler mais sobre a conquista da via, clique aqui!

2016.06.03_Paranaue

Escalada

1a enfiada – A via começa junto a calha d´água. As primeiras proteções podem ser difíceis de serem vistas da base. A enfiada segue reto para cima e no final faz uma pequena travessia à direita, onde está o crux. A parada fica, abaixo e ao lado do grande platô de mato. 4 proteções.

2a enfiada – Enfiada de Vo grau com 5 proteções. Escalada em agarrência. A via segue em leve diagonal à direita para entrar na principal calha que leva até o final da parede.

3a enfiada – Enfiada em agarrência constante. 5 proteções. A parada fica ao lado do platô.

4a enfiada – Enfiada crux, no mesmo estilo da anterior. A parada fica à direita do platô.

5a enfiada – Enfiada fácil em terreno menos inclinado.

6a enfiada – Mais uma enfiada bem fácil até o final da parede. A parada fica um pouco antes de uma virada. Dali para cima, escalaminhada até o cume.

Descida

Descer de parada em parada até a base.

Equipo

  • 2x corda de 60m;
  • 7 costuras.

_DSF4766 Poul e DuNada na 4a enfiada da via.

Leia mais no blog

Rolé pelo norte

^ Região de Pancas, ES. A postagem será longa, então vou dividi-la em partes. Caso não queira ler tudo, pode ir nos tópicos que mais

Quente pra Pancas!

^ Roney “DuNada” na via “Face Oculta”, Pedra da Cara, Pancas. Na oração abaixo, onde está o erro? No último final de semana, DuNada, Poul,

Assinar blog por e-mail

Junte-se a 36 outros assinantes

Fechar Menu