Filtrar por

Txt: Edemilson Padilha (Ed) & Valdesir Machado (Val)

Em 2005, já estávamos saturados de escalar nos três setores principais de São Luis do Purunã e buscávamos novos ares. Eu e minha esposa Ana Luiza partimos para uma varredura pela parte inferior das paredes, cruzando estradinhas e fazendas até que avistamos umas faixas boas de rocha cortando o verde da escarpa que forma um imenso degrau. No mesmo ano, eu (Ed) e o Val, conseguimos acessar as paredes pela sua parte superior, conquistamos uma via em móvel e não vislumbramos muitas possibilidades de abertura de vias, pelo menos no nosso estilo…

Em 2006 estávamos muito mais cansados de tanto escalar no Setor 3 e resolvemos dar mais uma olhada no futuro Setor Curucaca; levamos o Kavamura (uns dias antes de mais uma de suas viagens…), porque nós não tínhamos muita manha de escalada esportiva. Divisamos algumas linhas possíveis, montamos uns tops e a coisa começou a se desenrolar. O mais engraçado é que nós sempre nos dedicamos à escalada tradicional e à medida que íamos chapeleteando as linhas, imaginávamos que poderíamos encadená-las, porém foram saindo as vias, uma após a outra, uma mais dura que a outra e nada de cadena… E fomos intensificando nosso treinamento e nada… Então, pedimos ajuda para os universitários, ou melhor para os esportivos. Moleza, Poder e Lucas. Estes foram nossos companheiros na empreitada; a cada via aberta, era uma batalha para ver quem encadenaria antes. E eles nos mostraram o lado da escalada esportiva que ainda não conhecíamos, da estratégia para a cadena, da escalada sem fita de auto na cadeirinha e sem milhares de friends.

Da busca por pontos de descanso no meio das vias, das costuras pré-colocadas, da apnéia…(esta eu nunca tinha ouvido falar, é coisa do Poder). Foi muito legal, pudemos compartilhar nossas experiências de escalada tradicional com a deles da esportiva, eles aprenderam a escalar com friends e nós sem friends. E as vias foram sendo encadenadas, 9a, 9b, 9c, e quem sabe o que vem pela frente.
E esta é a história do Setor Curucaca, em São Luis do Purunã, no município de Balsa Nova, PR. Um setor que surgiu em 6 meses de muito trabalho, que conta com 27 vias, a maioria de escalada esportiva, com algumas em móvel ou mistas. Atualmente é o setor com a maior concentração de nonos graus do estado, algumas boulderísticas, outras de mais de 30 metros.
Agradecimentos à Conquista, Snake e Território pelo apoio.

COMO CHEGAR

Saindo da capital Curitiba, tome o rumo à oeste do estado pela rodovia BR-277 passando por Campo Largo. Depois de passar pela praça de pedágio e a PRF fique atento a uma saída para Irati, Palmeiras, Guarapuava. No meio do balão à uma pequena saída à direita por uma estrada de chão. Tome a estrada e logo à frente à esquerda. Siga sempre pela principal e na primeira bifurcação tome à esquerda. Desta bifurcação até o estacionamento são 3,5km. Este ponto fica uns 700m antes da entrada do Rancho Ventania.

Estacione o carro e siga caminhando pela estrada até encontrar a cabeceira de uma drenagem. A trilha começa neste ponto paralela a drenagem. A trilha está bem pisada e não tem muito como se perder.

EQUIPO

Expressas para as esportivas e um jogo de friends para as vias móveis e mistas. Levar algumas costuras longas (60cm).

CAMPING

É possível acampar no Rancho Ventania (falar com Ralf). (http://www.ranchoventania.com.br/). Eles têm um alojamento também, com preços muito atrativos (R$ 15,00), e chalés.

COMIDA/ÁGUA

Gelada na base.

SOL/SOMBRA

Depois do almoço é melhor para escalar (no verão), pois não bate sol. Chuva: é possível escalar com chuva quase todas as vias, devido à negatividade das paredes.

ROCHA

Arenito/conglomerado.

CROQUIS

croqui-curucaca

1 – Por Detrás da Cortina (8a) – Móvel
Essa via fica bem antes (100m) do setor principal, atrás de uma pequena queda d’água.A – ? (6o)
Essa via e a B ficam assim que a trilha chega na pedra.

B – Super Hiro (8a)

2 – Derretidos (9c)
Essa via, a 3 e a 4 ficam um pouco antes do setor principal.

3 – Grip liso (8c/9a)

4 – Soco, pulo e grito (8a) – Móvel
Levar um jogo de friend médio + Camalot #4 ou equivalente.

5 – Cobra crack (7b) – Móvel
Via escondida.

6 – Lasca de Taça (8a) – Mista
Essa via, a 7, 8 e a 9 ficam à esquerda do setor principal. Levar peças pequenas.

7 – Fura pulso (8c) – Móvel

8 – Valentin (9c)

9 – Pelas barbas (8c) – Mista

10 – Sustenida (9a) – Mista

11 – Paciência (9a/b)

12 – Fervo (9c) – Mista

13 – Minrita (9a)
Projeto14 – Urucubaca (9?)

15 – Vaca morta (9b)

16 – Caça ao tesouro (9a)

17 – A hora do dead (9b)

18 – Endiabrada (9c)

19 – Infernal (7a) – Mista

20 – Rala peito (9b)

21 – Bombardeio (10?)

22 – Susse (8b)

23 – Osso duro (8b) – Móvel
Hard grit

24 – Jailbreak (8c/9a) – Mista

25 – Runing free (7c) – Móvel

Curucaca from Edemilson Padilha on Vimeo.

 

Fechar Menu