Salto Ventoso

Localizado num dos pontos turísticos mais visitados da serra gaúcha, o Salto Ventoso (154km da Capital) é uma excelente escolha para quem deseja malhar muitas vias de oitavo grau. Protegidas com chumbadores 3/8, chapeletas homologadas e paradas duplas em corrente, as vias do Salto são caracterizadas por serem vias de média distância com crux bem definido. Assim como no caso do Campo-escola Behne em Ivoti, as vias nos basaltos do Salto recebem manutenção constante a cargo da Associação Gaúcha de Montanhismo (AGM).

COMO CHEGAR

De automóvel: saindo de Porto Alegre tome a BR-116 rumo à Serra e na altura da cidade de São Leopoldo acesse a RS-122 (logo depois da Policia Rodoviária Federal de Scharlau) em direção a São Sebastião do Cai e São Vedelino. Siga as placas até a entrada principal da cidade de Farroupilha. Neste trecho há muitos controladores de velocidade, se você não conhece o trecho, recomendo não viajar à noite e respeitar sempre a velocidade máxima da via. Entrando na cidade, ao passar pela 1ª sinaleira, entre a esquerda numa rua oblíqua e siga até o final dela (R. Bortolo Grendence). No entroncamento vire à esquerda novamente e siga as placas que levam a Salto Ventoso. De Farroupilha até o Salto Ventoso são aproximadamente 12km de estrada de chão (em pavimentação). Uma vez na cascata, estacione o carro no estacionamento do bar (R$ 5,00).

Mapa

Filtrar por

No segundo semestre de 2015 toda área do Salto Ventoso foi reformulada com uma série de melhorias e pioras, como a colocação uma passarela de metal na base de algumas vias. Em vista disso, a partir de 19 de março de 2016 está sendo cobrado R$ 8,00* por pessoa para acessar a área de escalada. Além disso, há um horário de funcionamento de 3a a domingo das 8h30 até as 18h.

*A partir de 16/05/2016, conforme acordo firmado com a família responsável pelo parque, uma vez pago o valor do ingresso, o mesmo valerá para o mês corrente. Este sistema é válido apenas para os praticantes de escalada.

Melhor época

A melhor época é no outono. No inverno há possibilidade de temperaturas extremas, o que pode prejudicar muito o rendimento. Já no verão, além do calor, o fluxo de turistas deixa o ambiente bem “crowd”. Na primavera chove bastante. O setor Principal fica protegido contra a chuva, mas após um longo período de chuva, o volume da cachoeira poderá aumentar e deixar o setor úmido.

Onde ficar

O local possui uma infra-estrutura mínima para o camping, um bar que abre nos finais de semana, banheiro e chuveiro.

Estilo

Vias esportivas variando de verticais a negativas com alguns tetos.

Equipo

Lona (indispensável), uma corda de 50m e 15 costuras.

Rocha

Basalto. No setor principal prevalecem vias com agarras abauladas a buracos. No setor novo, agarras em batente com canto.

Água

Apesar da proximidade com a queda, não há fonte de água potável por perto. Há um bar na entrada que abre apenas nos finais de semana.

Leia mais no blog

6o Encontro de Montanhismo de Salto Ventoso

A cascata do Salto Ventoso é uma das principais atrações turísticas do município de Farroupilha do Sul (RS). Esse cenário ímpar da Serra Gaúcha ficou

Carnaval, longe da folia, perto da rocha!

^ Eduardo Tondo na via “Premonição”, Gruta de Caxias do Sul. Para mim, nos últimos anos, Carnaval é sinônimo de voltar para casa da mamãe,

Chapeleta velha

Muito prazer, Salto Ventoso! Sou o pior pesadelo dos seus ante-braços! Dioni Silocchi trabalhando Cólera (projeto). Foto-mosaico com 5 fotos + Photoshop + Lightroom. Você

Encontro no Salto

Acabei de receber do meu bruxo, Cará! BOM DIA A TODOS ,ESTE ANO O CLUBE DE MONTANHISMO LEÃO GROPO ESTARÁ REALIZANDO O  2º ENCONTRO DE

Fechar Menu