Empresas de aventura, lucro e despreparo

Acabei de ler um post muito interessante no blog do Thiago Souto de Santa Maria (RS) sobre o despreparo dos ditos guias de montanha. A crítica é de âmbito local, mas com certeza serve para o ES e também para o resto do Brasil. Para ler o post completo, clique aqui!

Não sou guia de montanha, mas ao longo dos 16 anos de escalada, posso dizer que já vi muita coisa, e continuo vendo cada m%$da! Por isso, me vejo na obrigação de compartilhar este texto.

Lendo o texto, descobri que há um “Padrão de Competência do Guia de Montanha Voluntário” da CBME de 2010. Não sabia da existência desse padrão. Vale muito a pena dar uma lida nesse padrão (o link está no post do Thiago), principalmente na item 2 e no anexo 1B.

E como disse o Thiago:  (…) Montanhismo só é seguro se praticado com RESPONSABILIDADE, com CONHECIMENTO e EXPERIÊNCIA, e isso deve ser passado às pessoas que querem praticá-lo.

 

TAGS:

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Fechar Menu