Fotolivro, dica 2

Há um tempo, publiquei aqui uma matéria falando de um fotolivro que fiz usando um aplicativo chamado Digipix. Pois bem, hoje trago uma outra opção mais “profi”, o Blurb.

O grande lance da Blurb é que a empresa conseguiu colocar o módulo de diagramação dentro do Lightroom 4. Assim, você pode editar as fotos,  montar todo o fotolivro e depois, num clique, fazer o upload diretamente para o Blurb. Na Digipix, você tem que exportar as fotos em .jpg, carregar elas no programa, montar o layout, exportar e depois fazer o upload pelo site.

Em termos de acabamento, ainda há outras vantagens como: capa dura com sobrecapa (foto acima), papel de melhor qualidade, página dupla (foto abaixo) e mais opções de tamanho. Na Digipix essas opções só estão ativas para fotógrafos profissionais…

Quanto ao valor da brincadeira, o fotolivro da Espanha, por exemplo ( tamanho 33x28cm, 65 páginas, capa dura, sobrecapa, sem propaganda e papel de gramatura #100), saiu a U$ 100 + frete (via FedEx). A primeira vista pode parecer bem caro, no entanto, se for considerar imprimir separadamente 65 fotos em tamanho 20×30 no Brasil, cada foto sairia por R$ 6,00, o que daria um total de R$ 390 (revelação digital pela Saraiva). Só ai dá para ver as vantagens de se fazer um fotolivro. Isso sem contar a apresentação final do material.

Sobre a forma de envio, há várias opções, desde o mais barato ao mais caro, ou do mais demorado ao mais rápido. Eu usei o envio via FedEx na modalidade normal (com rastreio). O fotolivro levou 3 dias para chegar dos Estados Unidos até a porta da minha casa. Nada mal!

Para maiores infos, acesse o site da Blurb!

Postagens relacionadas

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.