Superando trauma

_DSF9143

Pedra Sem Nome de Praça Oito. A via “Eu sou a lenda” transcorre pela aresta da esquerda. Na base da pedra, o desmoronamento de 2013.

Em outubro de 2013, eu, Afeto, DuNada e Zé conquistamos a via “Eu sou a lenda” numa pedra sem nome em Praça Oito, Itarana (120km de Vix). A conquista da via foi bem tranquila e a linha ficou incrível, muito gostosa, mas a aproximação… Na ocasião pegamos um beta furado e fomos dar um rolê épico de umas 3h num “mato sem cachorro” para conseguir chegar na base da via. Pessoalmente, aquela aproximação foi bem traumática! Diria que está entre as piores que já andei fazendo.

No mesmo ano, em dezembro, o Espírito Santo sofreu uma das maiores enchentes dos últimos anos. Choveu tanto em 24h que alagou muitas cidades do estado, inclusive em Itarana. Junto com a chuva vieram também os desmoronamentos que varreram as encosta dos morros. Por um capricho da natureza, se é que tem capricho em meio a um desastre, um dos desmoronamentos aconteceu bem na base da via “Eu sou a lenda”, formando um grande corredor de costão da base do pasto até a base da via. Era como se a natureza tivesse tentando se redimir daquela experiência traumática e dizendo: Japonês, volte para via mais uma vez!

Desde de o dia que eu vi aquele desmoronamento, confesso que tive vontade de voltar lá novamente. Parecia que pelo desmoronamento a caminhada seria bem mais tranquila e não precisaria sair abrindo trilha no peito.

Deixei o tempo passar para limpar bem o costão. E um ano e meio depois, mais precisamente, no domingo, eu e o Gillan voltamos à fatídica via pelo costão! Conforme previsto, a caminhada ficou muito mais amigável, o que levamos 3h para fazer (errando) fizemos em apenas 40 minutos de caminhada!

A via, conforme a minha memória, que não me deixou falhar, é muito agradável e gostosa! A 2a enfiada em móvel vale qualquer aproximação e faz esquecer o sofrimento. Sem contar a 4a enfiada que é umas melhores enfiadas de 4o grau do estado. Em terra de aderência, quem tem agarra é rei! E a 4a enfiada é puro rei!!!

_DSF9154

Fissura frontal que marca a saída da via.

_DSF9166

Gillan na 2a enfiada da via. A fenda frontal que faz compensar a caminhada de 40min.

_DSF9170

Gillan na saída da 4a enfiada, enfiada mista. Uma das melhores enfiadas de IVo grau de Itarana!

Repetimos a via sem grandes percalços, tirando o sol que deu uma apertada perto do meio-dia, o resto foi puro desfrute. Escalamos de boa e descemos tranquilamente da via com a cabeça feita! De quebra ainda passamos em Santa Teresa para provar o famoso café “the best of year 2014˜ no Café Trentino! Aliás, uma ótima pedida para os amantes do café! Só por favor, não coloquem açúcar no café!

Valeu demais Gillan pela parceria! Excelente dia de escalada! Voltaremos!

Croqui atualizado:

O croqui sofreu algumas alterações em relação a 1a versão. Ajustei a graduação, o comprimento das enfiadas e detalhei as peças que vão nas fendas.

Para maiores detalhes, clique aqui!

2015.04.26_eu_sou_lenda_1

 

Postagens relacionadas

Comentários

3 respostas

  1. Show!! Mas pq quando eu to junto e gente sempre passa pelo caminho pior?! rsrsr… Tá querendo me aposentar?!

  2. Nunca tinha presenciado um chamado da montanha tão evidente e convidativo como esse. aA montanha querendo se redimir com os escaladores que sofreram na aproximação, que ficou até divertida agora!

    Uma via diversificada muito legal! Valeu a parceria Naoki!

    Só acho q o finalzin da primeira fissura tem um lance meio esquisito de V (na graduação capixabense pelo menos)! kkkkk

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.