Comemorando o equinócio de primavera em Calogi!

^ Felipe Alves na via “Linha Final (8b).

A uma hora e trinta minutos deste domingo, dia 20 de março, o hemisfério sul passou pelo equinócio de outono. Se você não lembra o que é o equinócio, equinócio é dia do ano em que as “horas com sol” é igual a “sem sol”. E esse fenômeno marca o início do outono, no caso do hemisfério sul e a primavera no hemisfério sul.

Em termos de escalada, significa que a partir de hoje, até o equinócio de primavera, em setembro, os dias serão mais curtos que a noite, ou seja, teremos menos luz para escalar. Não se esqueçam de levar o headlamp!!! E também segundo os estudiosos, no outono as temperaturas ficam cada vez mais amenas. Mas é claro que aqui no Espírito Santo isso não vale. Ainda mais no ano do El Niño, pois segundo os meteorologistas, esse ano, o outono será mais quente que a média.

E nós sabemos melhores do que ninguém que o outono não chegou por aqui e está longe de chegar, porque o domingo foi, mais uma vez, “trincaste” em Calogi. E se não bastasse o calor, ainda estava bem abafado! Perfeito para deixar a pele mais mole e susceptível a corte! Quem conhece a fama de Calogi sabe que as agarras de lá são como navalhas!

_DSF3588

Preguiça de sofrer neste calor! Melhor ficar na rede e fotografar deitado! Poul torrando na “Transiberiana” (9a).

_DSF3656
Para escapar do calor, o jeito foi descer para o primeiro andar e relembrar como as agarras da via “Batida Macabra” (9a) são afiadas. Aqui, Felipe Alves no trabalho meticuloso com os pés para tentar poupar os dedos.
_DSF3583
Juquinha, o novo mascote de Calogi.

_DSF3614

Poul trabalhando a via “Linha Final” (8b), um rala dedo clássico de Calogi.

Valeu demais Rebit e Chuck que não apareceram nas fotos, mas estiveram lá representando!

Postagens relacionadas

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.