Ibiraçu

Parede da Sabedoria

Alt. 480m

Tradicional

Atualizado em: 25/02/2019

Distância

70km

Caminhada

10min.

Face

Oeste

Livro de cume

Aproximação

Saindo de Vitória, tome a BR-101 em direção ao norte do Estado até a localidade de Pendanga que fica depois da cidade Fundão (60km).

Na entrada da localidade zere o odômetro e siga sempre pela principal. Na primeira bifurcação, após da cidade, 550m, vire à esquerda e na próxima, km 3,2, igualmente à esquerda. Mais adiante, no km 8,4, logo após passar por uma espécie de bar com campo de futebol, vire à direita numa saída um pouco escondida. Após isso, siga pela estrada até o km 11,5. A parede é visível da estrada, à direita, no outro lado do vale. Estacione o carro em frente à parede num pequeno recuo. O dono das terras mora um pouco antes, num pequeno sítio. Procure pelo Sr. Renato.

A caminhada dura aproximadamente 5 minutos. Basta descer até o rio, cruza-lo pelas pedras e subir pelo cafezal até a base da via.

Mapa

Filtrar por

3/5

Caminho da Sabedoria

5o, V SUP, D1, E2, 65m

Data da conquista

03/2018

Conquistarores

Eric Penedo e Naoki Arima

Equipos

Duas cordas de 60m; 4 costuras, sendo algumas longas; e dois jogos de Camalot até o #4 mais um Camalot #5.

Croqui

  • Traçado da via
  • Naoki Arima na saída da via.
  • Eric Penedo

1a enfiada – A enfiada começa em “agarrência”, protegida com duas chapeletas de inox, até o início da fenda em oposição. Depois segue pela fenda até o final para depois buscar uma segunda fenda paralela à esquerda. Segue pela 2a fenda até o final e depois busca novamente uma 3a fenda à esquerda até chegar numa parada fixa confortável. V SUP, 30m. Levar 2x Camalot #1-#3.

2a enfiada – A via segue pela oposição em arco passando por baixo do teto até o final, onde fica a parada em móvel (Camalot #2-#5). O trecho do teto poderá estar molhado após a chuva. V, 20m. Requer bastante peças repetidas do #1-#3, além de algumas peças menores (#.5-#.75).

3a enfiada – A via sai da fenda e segue pela face da pedra transpondo um pequeno teto. A enfiada segue em diagonal à direita protegido com 3 chapas de inox até a parada. V, 15m. Descida – Da P3 um rapel de 30m leva até a P1 e da P1 até a base mais 25m. Parada dupla com chapeleta Pingo.

Outras áreas de escalada na região

Leia mais no blog