Fotografia de escalada: 10 dicas

Não sou nenhum Sam Bié, Keith Ladzinski ou Simon Carter da vida para ficar dando dicas por ai, mas ao longo dos quase 15 anos fotografando escalada aprendi vários truques e manhas. Então, separei para compartilhar 10 dicas básicas que eu tento aplicar nas fotos de escalada.

Vale ressaltar que essas dicas são para aquelas fotos de escalada/boulder que tem como tema central o escalador (a). Não são dicas de foto onde o escalador é o elemento secundário ou foto de montanha.

Outra ressalva importante: Muita gente fala que para fazer uma boa foto, não precisa de uma boa máquina. Eu concordo em parte com isso. Arrisco-me a dizer que sob condições normais, tecnicamente, uma câmera “top” faz o mesmo serviço que uma câmera de bolso, mas quando se sai dessa “normalidade” as diferenças começam a aparecer. E ai, uma câmera mais cara, com melhores recursos, faz toda diferença. Mas também não basta ter uma boa máquina se o operador não tiver a sensibilidade fotográfica. Em outras palavras, se o fotógrafo não for escalador não saberá o que, e nem como,  fotografar. Por isso, acho importante o fotógrafo escalar para entender o sentimento da escalada e ser capaz de transferi-lo para uma imagem.

Mas vamos ao que interessa, as dicas:

1- Há alguns ângulos que eu considero clichê. A mais clichê de todos são as fotos tiradas da parada da via para baixo. Esse é um ângulo super explorado e que já ficou um pouco cansando, além de ser uma foto difícil de interpretação. São aquelas fotos que você gira em todas as direções e não acha pé nem cabeça. Ou que os leigos dizem: Pô o cara ta engatinhando?

_DSC0488

Típica foto tirada da parada com o fotógrafo posicionado exatamente sobre o escalador.

A solução? Em vez de ficar na parada da via fotografando para baixo, passe para uma parada ao lado. E quando for enquadrar, tente colocar elementos de orientação como o segue, uma árvore, o chão…

_DSC6253

Foto tirada da parada, mas de uma parada ao lado para sair do ângulo clichê. O elemento diagonal sempre ajuda a dar orientação para a foto.

2- Evite fotografar de baixo para cima. Assim, evita aquelas fotos de bundão que são horríveis! Agora, se souber se posicionar bem, é possível conseguir boas fotos de baixo sem pagar bundão! Basta dar uma caminhada pela base para conseguir um bom ângulo.

DSC_3709

Foto pagando bundão tirada de baixo.

_DSC7686

Outra foto de baixo, mas dessa vez o que salva a foto são as árvores que dão um elemento direcional e textural.

3- Fotografe os olhos! O olhar diz muita coisa! Às vezes, o olhar fala muito mais que todo o resto. Lembra da foto clássica da mulher afegã de Steve McCurry? Por isso, quando enquadro uma cena, sempre tento fotografar o rosto para captar a expressão facial do escalador. Fotos com o escalador olhando para baixo podem até ficar bonitas, mas não conseguem transmitir o que o escalador está passando naquele momento.

_DSC5461

Nessa foto, enquadrei a cena e fiquei esperado a Di olhar para cima em busca da agarra para dar o clique. Lembra do Rambo? Ele falava: só atire (dispare) quando ver o branco dos olhos!

4- Contextualize o escalador na cena. Para isso, componha mentalmente a cena em três partes; 1/3 para o escalador; 1/3 para a ambiente; e 1/3 para uma área de descanso visual. A área de descanso é uma área neutra que serve para descansar a vista.

DSC_0126

Exemplo de foto tripartida. A escaladora; contextualização do ambiente com a 3a Ponte e o monte Mestre Álvaro ao fundo; e a água da baia de Vitória como elemento neutro.

5- Se a parede estiver ao sol, evite fotografar próximo ao meio-dia. Prefira luz da tarde ou da manhã quando a luz é menos “dura”.

DSC_0146

Foto tirada com uma luz dura incidindo na pedra. O que mais me desagrada nessa foto é a sombra no rosto do Luca que acaba ocultando um pouco a expressão facial.

6- Nem sempre as melhores fotos são de cima, via corda fixa. Às vezes, um platozinho ao lado, uma árvore ou uma pedra mais alta proporcionam uma excelente foto de forma simples e super acessível. O segredo está em saber explorar a locação.

DSC_1875

O mesmo Luca depois de tosar a juba. Para fazer essa foto, bastou me posicionar num pedra que fica atrás da via. Não foi preciso usar corda fixa ou coisa parecida.

7- Se for se pendurar via corda fixa para fotografar de cima, coloque sempre a segurança em primeiro lugar. E sempre trabalhe “backupeado”. Não deixe a segurança de lado em detrimento a um bom ângulo. Perca “a foto”, mas não perca a vida!

8- A experiência mostra que fotos com o fotógrafo posicionado atrás do escalador não trazem resultados satisfatórios. Por isso evite esse tipo de posicionamento (muy gay essa frase). Isso acontece quando ficamos com corda fixa em vias muito negativas. Para corrigir isso, basta dar uma “colada” na pedra.

_DSC7437

Foto de costa. Tudo fica mais chapado e na maioria das vezes a foto não fica boa. A única coisa que presta nesta foto é o verde da árvore em harmonia com a camiseta…

9- Antes de fotografar, estude os movimentos da via. Há uma tendência natural de o escalador ficar virado mais para um lado do que para o outro. Ou o crux da via ser com o escalador virado para um lado específico. Sabendo o lado certo, evita de ficar de costa para o escalador. Por isso, estude o melhor lado, e selecione a melhor seção para fazer a foto. Eu aprendi que durante uma escalada, para um determinado posicionamento, só há um ângulo, um momento perfeito para fazer “a foto”. O resto é gastar clique fora. O segredo está em saber onde e quando acontece esse momento.

10- Por outro lado, há um jeito muito simples e eficiente de se conseguir uma boa foto usando a estatística à favor. Basta fazer muitas fotos que pelo menos uma irá se salvar. No entanto, tecnicamente é a pior forma de aprender a fotografar. Já notei que quando não sei bem o que estou fazendo, faço muitas fotos e quando sei o que quero, resolvo com 1 ou 2 cliques e já sei que fiz uma boa foto. Por isso, não tenha preguiça de pensar!

Bom, acho que essas são as minhas dicas gerais sobre fotografia de escalada.

No mais, escale e pratique bastante que os resultados virão naturalmente!

Postagens relacionadas

Comentários

2 respostas

  1. Mais um ótimo post Naoki, muito bom acompanhar teu blog. Adorei as dicas, algumas eu já vinha me policiando para não gastar “tantos clicks”, agora acho que vou otimizar mais meus momentos de fotógrafo, hehehe. Abração e boas escaladas pra esses lados capixabas…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: