São tantas as emoções…

Essa história vale a pena ser contada desde o início!

Um dia, quando fui no muro do Porko fotografar a galera treinar, o Dunada me contou que, lá em Castelo, nas terras do avô dele, tem uma pedra com potencial para umas 3 a 4 vias. Peguei a descrição da tal pedra e fui dar uma olhada no Google Maps (Santo Google) para ver como se chegava lá e tal.

No final de semana seguinte rodei pelo interior capixaba atrás de umas pedras e aproveitei para passar nessa tal pedra. As outras pedras que fui ver eram “alarme falso”, mas a falésia com potencial para 3 a 4 vias do Dunada se mostrou muito promissora. Contei pelo menos umas 20 linhas, sem “força barra”. E mais, o local era perfeito para uma área de escalada do tipo campo-escola! Negativos, fendas, trad´s, aderências, verticais, tudo, absolutamente tudo!!! Fiquei encantado com o lugar. No mesmo dia procurei o dono das terras para pedir autorização e voltar num outro dia com a furadeira, as chapas e a galera!!

E no último final de semana estávamos nós, eu o Afeto, Rebit, 30 chapas, 1 furadeira e muita vontade rumando para a nova promessa capixaba em termos de escalada esportiva.

A sensação de chegar numa pedra totalmente virgem com uma furadeira e chapas é indescritível. A gente olha para pedra e pensa: Por onde começamos??? Isso é demais!!! Lembro que a última vez que fiz essa pergunta foi em 1995 quando achamos o Campo-escola Behne (RS) que hoje conta com aproximadamente 40 vias.

Para vocês terem ideia do que estou falando, desde que vim morar no Espírito Santo em 2007, passei dois anos varrendo por esse interior em busca de uma falésia perfeita. Foram muitos quilômetros rodados, muitas caminhadas, muitas frustrações e decepções até acharmos essa pedra. E o melhor de tudo, descobrimos que a região tem muito potencial, pois visualizamos pelo menos mais 3 falésias na região com potencial igual ou superior!!!! Pois é 2010 promete!!!!!

Chegando lá, já saímos passando o rodo e de cara equipamos 2 linhas de 27metros cada. A primeira linha, um 6c clássico!!!! Para mim um dos melhores sextos da região que se chama “Castelo Ra-Tim-Bum” (10pro+parada). E à esquerda dela, um 7b acessível que se chama “Castelo de Grayskoll“, um outro sétimo clássico com um crux bem interessante lá nas últimas passadas. Essa via também ficou com 10 proteções mais a parada.

Afeto no crux final da via “Castelo de Grayskoll” (7b).

No sábado ficamos nisso. E no domingo voltamos com um reforço de peso; O Dunada e o Zé Márcio pintaram por lá para conquistar o Lagartão. A via deles ficou com 2 enfiadas de 50m + 25m (50 grau). E o nome, Castelo-Cachoeiro em homenagem à terra natal dos conquistadores.

Enquanto uns se espremiam nas fendas, nós tocamos a travessia para à direita e equipamos mais uma via, uma mega-via diga se de passagem. Equipamos uma via de uns 35m à direita da “Castelo Ra-Tim-Bum” que se chama “Castelo de Areia”, um 7a bem tranqüilo e diluído com 14 proteções mais a parada. Essa via é um delírio!!!! Mais um clássico!!!! Só têm clássicos aqui!!!

E assim fechamos o final de semana, suados, fedidos, cansados, mas muito felizes!!!

Depois do Carnaval voltaremos com mais chapas e muita disposição para equipar mais mega-vias!!! Yes, yes, yes!!!!!!

Aguardem!!!!

Confira o croqui do setor do Lagartão.

1- Castelo Cachoeiro (50) – 2 enfiadas. Levar material móvel.

2- Castelo de Grayskoll (7b) – 10+1pro, 27m

3- Castelo Ra-Tim-Bum (6c) – 10+1pro, 25m

4- Link do Castelo Ra-Tim-Bum para o Castelo de Areia (5o) – 2 pro, 8m

5- Castelo de Areia (7a) – 14+1pro, 35m

Croqui da via Castelo Cachoeiro. Material elaborado e gentilmente cedido pelo Dunada.

Mapa de locaização no Google Maps.

Visualizar Apenino em um mapa maior

TAGS:

Este post tem 6 comentários

  1. Nossa, só tenho uma coisa a dizer: KMOOOOOOOOOOOOOOOOOONNNNNNNNNNNNNNNNN!!! 😀
    [ ]s

  2. 2010 o ano das conquistas!!!

    vlw, japa…

  3. Ah, ai eu valorizei…..fura tudo ai porque aqui ta foda!
    parabens pessoal! keep on drilling…..yeahhhhh!

  4. Fala ae Fred!
    Nao perca os proximos capítulos que vem mais coisa boa!

    Abracao

  5. Fala Naoki,
    arrebentaram nas vias… todas são especiais mas a grayskull é um espetáculo a parte. Vocês tiveram a perspicácia de continuar a linha onde ela parecia ter terminado resultando num crux espetacular. Parabés aos conquistadores. Sobre os graus, a minha pequena contribuição é dizer que não achei a grayskull mais dificil que a Areia. Seja 7a ou 7b, pra mim as 2 estão no mesmo nível de dificuldade.
    Abração.

  6. Naoki…
    Me chama pra escalar aê… hehehehehehehehehehe
    Tô precisando de sétimos…
    Abraços

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Fechar Menu