Au revoir Céüse!

_DSC1166

Céüse num lindo dia de sol.

Todos os dias, nas últimas duas semanas, a minha primeira obrigação da manhã era assim que acordar, com a cara amassada, caminhar pelo camping dando bonjour a quem estivesse pela frente até o escritório do camping e falar com voz de sono:

– Bonjour! S’il vous plait, deux baguette!

Pegava os pães e deixava uma moeda de 2 euros. Ai, a dona do camping que só fala francês, falava alguma coisa do tipo: e quantos pães para amanhã? (os pães são contados e precisa fazer o pedido no dia anterior).

E eu repetia a mesma coisa:

– S’il vous plait, deux baguette!

Ai, ela anotava num papel:

Dia 16/6, 2 baguetes (Naoki)

E quando eu vi ela escrever no papel, dia 16/6, eu senti uma enorme tristeza porque dia 16 era o dia que iria embora. Até então, pouco me importava que dia da semana ou do mês era. Importava saber ser era dia de escalada ou descanso! E quando eu vi aquilo foi um choque tão grande que passei o dia um pouco triste ao perceber que eu estava indo embora de verdade.

_DSC1202

Hautes Alpes!

Não que eu não tenha aproveitado as últimas semanas. Na verdade, quando chegamos há 2 semanas e escalamos a primeira via do primeiro dia estava num estado de êxtase que só aquela escalada de aquecimento já me bastava para poder ir embora. Se eu tivesse que ir embora naquele momento, não teria problema, porque eu já estava com a cabeça feita, totalmente realizado. Eu já não queria mais nada, pois tinha realizado o sonho de quase 20 anos de escalar em Céüse! E tudo que viria  depois daquilo seria só lucro, algo além da minha imaginação.

_DSC1262

Escalador na via Bibendum (8c BRA).

_DSC1241

Escalador provando um 9a (BRA) no setor Berlin.

E agora que estou indo embora de Céüse e voltando para a realidade da vida, me sinto um pouco perdido, sem rumo. Afinal de conta, todo o meu esforço como escalador tinha se concretizado nesta trip. Agora, me resta voltar a vida normal, tentar digerir tudo que aconteceu nas últimas semanas e pensar num outro objetivo maior para, quem sabe, daqui 20 anos!

_DSC1344

Pôr-do-sol no cume do Massif Céüse.

_DSC1146

Bebendo um refri depois da escalada!

E para finalizar, gostaria de deixar registrado os meus sinceros agradecimentos ao Andres pela companhia nas últimas semanas. Não deve ter sido fácil aguentar um velho cheio de manias que só toma café em xícara de porcelana, que usa sapatilha de velho, que toma ceva de bebum e assim por diante… Valeu titio!

DSC_0336

Sonho ou realidade? Foto: Andres

Não deixe de visitar o blog do Andres com as últimas fotos da trip!

Au revoir

Postagens relacionadas

Comentários

2 respostas

  1. Como diz o Chico, cheio de manias estamos todos! Eu è que te agradeço pela companhia e por tudo Naoki, as fèrias ficaram bem mais divertidas com certeza. A propòsito…nao tenta fazer mais nada depois de 1,30h de caminhada, escalar e beber uma cerveja duplo malte, aquela ultima salada tava terrivel, hehehe
    Um grande abraço e atè a proxima meu amigo.

  2. Ah tá achando a vida vazia depois de Ceuse? Espera até dezembro em Gramado pra ti ver uma coisa, hahahahaa
    Cara, o tempo tava bem melhor dessa vez so que na primeira vez que fomos, né? Acho que sou eu que levo a chuva…
    Baita viagem, queri ter podido estar com vocês nessa. Combinamos uma outra qualquer hora. Grande abraço, Naoki! Beijo pra Paula.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: