Calor-gi, Kdnas e Kdenas

^ Gillan deixando escapar a cadena da via “Tempo de Chuva” (7b).

Eu preciso contar uma história:

Toda vez que vou escalar com o Pedro “Graveto” e preciso levar o material de conquista (vide foto abaixo), de praxe, pratico bullying contra ele. Eu carrego a mochila leve dele e o Graveto o meu haulbag pesado.

E no último domingo, a coisa não foi muito diferente. Já no carro o avisei que iria carregar o meu haulbag e ele me respondeu:

– Sim, sim, positivo! Hoje, a minha mochila está mais pesada porque estou levando mais água. Na semana passada passei sede porque levei pouca água.

Ai já ascendeu a luz amarela! Opa, ai tem coisa!

_DSF2682

Empacotando tudo no haulbag para o Graveto carregar.

Na hora de fazer a troca das mochilas, o Graveto pegou o haulbag lotado e eu peguei a mochilinha de barbie, mas dessa vez, ela estava mais pesada do que de costume. Reclamei, e ele novamente contou a mesma história.

Como sou “galo veio”  e já estou acostumado com essas coisas, resolvi abrir a mochila para checar a tal “água”. Fui tirando tudo da mochila e lá no fundo, escondido no meio do casaco achei um halter de 5kg!!!

Por pouco que não me lasco. Se eu tivesse levado aquele halter para cima eu estaria f$%#do para sempre.

Vou ficar mais ligado, o Graveto está ficando esperto e ousado.

Linha Transiberiana (9a)

Falando do “aprendiz de malandro”, nesse final de semana, após quase um mês de trabalho intenso, o Graveto mandou o seu primeiro nono grau ao encadenar a via “Linha Transiberiana” (9a). Parabéns malandrinho!

_DSF2615

Graveto na via “Linha Transiberiana” (9a)

Expresso Siberiano (8a)

Variante nova no pedaço! A Expresso Siberiana, como o próprio nome diz, é um link da Linha Transiberiana (9a) para o Expresso da Meia-Noite (8a). A via começa na Transiberiana e antes de entrar na travessia à esquerda para o crux (foto acima), foge à direita em direção a Expresso. Nessa travessia bati uma chapa para proteger o lance. A via ficou muito legal, pois segue uma linha bem óbvia por uma mancha laranja. Quanto ao grau, sugerimos um 8a sólido de pura continuidade. Ela é mais difícil que a Expresso, mas não acho que seja 8b. Porém é só uma sugestão.

Santa Genoveva (7b)

Dessa vez levei o Camalot #4 e finalmente saiu a via. Duas semanas atrás, tentei fazer a extensão da via Genoveva (7b), mas como não tinha levado o Camalot #4, não consegui passar um lance. Mas agora foi. Difícil foi subir com o Camalot #4 sem ter a certeza de que ele iria caber na fenda, mas no final deu tudo certo. Mesmo acrescentando mais uns 12-15m, creio que o grau ainda seja um 7b. O legal da segunda parte é que ela é um pouco mais exposta (E2). O lance crux é protegido com um nut médio (DMM #7) em uma pedra estranha. Um pouco apimentando, mas na medida certa!

Expresso de Hogwarts (7b)

Nasceu mais uma via! Expresso de Hogwarts! Duas semanas atrás, não consegui equipar toda a via porque consegui quebrar as duas brocas e o projeto ficou inacabado. Mas dessa vez deu tudo certo! Claro, isso sem antes, quebrar mais uma broca (três no total).

A via começa no mesmo diedro da via “Macacos me mordam” e depois segue por uma aresta negativa, onde fica o crux, até um descansão. Depois, a via segue em modo “desfrute” até o final, totalizando uns 33m de escalada.

Para repetir a via é preciso um Camalot #2, mais umas 12 costuras e uma corda de 70m.

Segue o croqui atualizado. Para ver o croqui de todas as vias de Calogi, clique aqui!

toten

Croqui atualizado do Totem.

 

Postagens relacionadas

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.