Frescogi

O inferno (verão) acabou e o verão (outono/inverno) chegou por aqui. Finalmente as temperaturas estão mais “amenas”.

Sábado o Calor-gi já estava mais para Fresco-gi!!! Condições perfeitas para um dia de climb (segundo Afeto…).

Ontem caiu mais um projeto de nono grau. A via Corredor Polonês teve a sua 1a ascensão pelo Afeto.

Chegamos lá, eu , o Afeto e o Felipe Sertã. O Afeto entrou na via e tirou todas as passadas novamente. Depois, entrei na via, cai na tentativa flash e tirei todas as passadas. Em seguida, o Afeto entrou bem sólido na via e mandou sem maiores treme-treme. Aproveitando a porteira aberta fui na carona. Tek, tek, tek até o crux! Uma blocadinha mais sólida e tek, tek, tek, até o último descanso antes da parada. Shake, shake, shake e kmon para uns lances burocráticos. Tek, tek, tek e plak!!!!!! Quebrou um pezinho e adeus kdna…. De quebra dei uma porrada na árvore! Pronto, fui batizado na via e vi que o nome realmente faz jus à via. Ok, mais uma hora de descanso e tek, tek, tek, tek novamente. E dessa vez nada de pezinho traidor, nem pouso em árvore ! Ufa!

Quanto a graduação achamos que seja um 9b sólido. Mais difícil que a Batida Macabra (9b) mas não o suficiente para ser um 9c. Talvez seja pau-a-pau com a Transiberiana (9b). Sei lá…

Enfim, Calogi está se consolidando como o maior pólo de nonos do estado! Já temos quatro nonos encadenados, mais 4 projetos de nono e pelo menos mais umas 5 linhas com potencial para ser qualquer coisa nessa casa ou talvez mais!

Textura.

Felipe Sertã trabalhando a via Linha Final (8b).

Paisagem capixaba.

*Todas as fotos foram tiradas com a 85mm.

TAGS:

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Fechar Menu