Graveto, Campeão Brasileiro Juvenil de Boulder 2015

graveto

Foto: Fernanda M. Moreira.

Um dia cantei a pedra e na semana passada saiu o resultado!

No início desse ano, o Pedro “Graveto” me procurou no muro dizendo que queria participar do Campeonato Brasileiro de Boulder. Na hora achei que fosse mais uma piada idiota, mas ele estava falando sério. Então, pensei comigo: pô, se o cara na humildade vem me pedir ajuda, porque quer participar um brasileiro, por que não? Afinal de conta, eu sou o que sou, porque um dia tive a ajuda de muita gente! E quem sabe agora não está na hora de eu retribuir um pouco e passar adiante os meus conhecimentos?

Em 2001, eu estava numa boa fase de escalada, com um bom ritmo. E naquele ano ia rolar um Brasileiro de Corda em São Paulo. E um dia, o Pedro, não o Graveto, o Derosa, me falou:

– Por que não participa desse Brasileiro? Está escalando direitinho!

E eu respondi:

– Pois é, até poderia, mas não estou com grana para tudo isso.

Na época, eu era um acadêmico de geologia que vivia de bolsa CNPq e complementava a renda fabricando agarras (SAURO).

Na semana seguinte o Derosa me disse:

– Naoki, agora “tu vai” para o Brasileiro, eu comprei uma passagem pra ti!

E de quebra, a galera ainda juntou uma grana para bancar a inscrição e a alimentação! E assim, participei do meu primeiro brasileiro, patrocinado pelos amigos!

Não fui campeão brasileiro, mas consegui chegar até a final o que foi muito especial para mim. Mas mais do que o resultado foi o aprendizado, as novas amizades e o apoio dos meus amigos que acreditaram em mim.

E tudo isso veio à tona, quando o Graveto me perguntar se eu não poderia treina-lo para o campeonato.

Tive que rever o meu treino para poder me encaixar aos treinos do Graveto e passar, graças ao Graveto, três meses treinando só boulder com ele para deixa-lo blindado para o campeonato.

Nesses últimos meses, o que mais se ouvia no muro eram coisas do tipo:

– P%$@# Pedro!!!

– P$$# Pedro, desse jeito é melhor cancelar a passagem para o Rio!

– P$#3 Pedro, isso é um boulder de aquecimento! Até a minha vó manda isso!

– P$$# Pedro, capricha nisso!

E assim vai…

De fato, no início do ano, do jeito que ele estava, estava lutando para não final em último lugar, mas na semana passada, antes de ir para o campeonato, ele já estava bem afinado e imaginava que ele poderia brigar por um lugar no pódio.

De fato, fiquei muito feliz e surpreso quando ele mandou a seguinte mensagem na 6a (que só fui ler no domingo):

– Primeiro lugar é do Capixaba!

Com certeza, o prêmio foi mais que merecido, porque eu vi a dedicação dele e sei o quanto ele sofreu nas minhas mãos! Era tão bom chegar no treino stressado depois de um dia de trabalho e poder descontar tudo em alguém! Kkkkkk.

Parabéns Graveto! No ano que vem é na Master! Cuidado Felipinho!! Kkkk. Mas antes vai ter que desbancar o Felipe “Popaye” Alves no Serra Master!

Postagens relacionadas

Comentários

Uma resposta

  1. Bueeeena Graveto!!!

    Bom demais ver o resultado do amigo Graveto representando a escalada capixaba! Legal também saber um pouco mais da sua história Japa!

    Venga muchachos!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: