Não é só de vias esportivas que vive o Calogi

Na semana passada, o Xerxes e o Amaral concluíram a 50a via de Calogi com a conquista da via “Macacos se mordam” (80m)  no setor do Totem. A via transcorre por um grande diedro sujo com blocos soltos e muita vegetação. Via ao melhor estilo old-school.

Já no último final de semana, eu e o DuNada concluímos uma outra via tradicional na face noroeste de Calogi. A primeira investida aconteceu no ano passado quando o DuNada e o Chuck deram o ponta-pé inicial conquistando a 1a enfiada e o comecinho da segunda. Diz a lenda que o Chuck ficou com medinho e desceu… Em dezembro, eu e o DuNada voltamos para a via e conquistamos mais uma enfiada. E no último domingo, voltamos novamente e conquistamos a 3a e a 4a enfiada, finalizando a via na base da “Cereja do Bolo”, totalizando aproximadamente 170m de via.

DuNada na 3a enfiada da via. Difícil foi achar a passagem pelas bromélias…

A primeira enfiada começa por um diedro em arco protegido em móvel (Camalot #3 x2) e depois saindo pela face no meio do diedro até a P1 num platô com mato. A segunda enfiada é uma prévia do que vem pela frente. São aproximadamente 35m em agarrência e agarras protegendo em chapas e árvores. A 3a enfiada é o filé da via. A enfiada transcorre em diagonal à esquerda em direção a aresta do Calogi e buscando um platô verde a 45m. Essa enfiada é inteiramente protegida com chapas. A P3 é um excelente lugar um lanche e curtir o visual. Isso se não estiver sendo castigado pelo sol… A última enfiada é o crux da via. A saída da enfiada é bem vertical e técnico. E depois da viradinho é só sair para o abraço, ou para a sombra, em uma longa diagonal para à esquerda novamente.

Tá cansado? Foi o sol? P3.

Como a via é em diagonal, depois da 2a enfiada a descida pela via fica bem complicada. Por isso o ideal é descer caminhando pelo cume.

Para baixar a versão PDF do croqui, clique aqui!

Segue o croqui da via.

arapuca

Equipo básico: uma corda de 50m (se não descer pela via), 8 costuras longas, fita (120cm) e 2x Camelot #3 ou equivalente.

PS: Na 4a enfiada, antes da parada, há uma chapa com argola. Não é a parada da via. Essa chapa foi colocada porque durante a conquista ficamos sem chapa simples.

Para descer da via: após chegar na P4, suba caminhando à direita por uns 50m até chegar numa espécie de gruta com um bloco entalado. Passe por baixo do bloco, contorne a pedra e desça por uma trilha razoavelmente demarcada. Esse trecho é bem íngreme e por vezes faz-se necessário usar uma corda para auxiliar na descida. Assim que acabar a parte mais íngreme, siga caminhando pela crista até o ponto onde der para quebrar à direita.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.