Remoção dos cabos de aço do Penedo

DSC_0065-Editar-Editar

No último sábado, dia 25/07, em uma ação conjunta entre a Prefeitura Municipal de Vila Velha, Associação Capixaba de Escalada e o Corpo de Bombeiros, foi removido o cabo de aço que dá acesso ao cume do Penedo em Vila Velha. Para ler a nota no G1, clique aqui! E para ler a matéria no Folha Vitória, clique aqui!

Para quem não sabe, até então havia um cabo de aço fixado na aresta leste da pedra que foi colocado durante uma obra realizada no cume da pedra para a construção de uma antena. E desde então, o cabo de aço tem sido usado pelas pessoas para subidas e descidas. Com o tempo, o cabo de aço começou a sofrer avalias (parcialmente rompido) e se tornou extremamente perigoso para os usuários. Sendo assim, a prefeitura com o aval técnico da ACE, optou pela retirada completa do cabo de aço e substituição por grampos de titânio que serão colocados numa próxima etapa do trabalho. A ideia é usar esses grampos de titânio como pontos de fixação para as cordas fixas e rapel. Esta medida visa manter o nível de segurança necessário para que as pessoas possam usufruir do local de forma segura.

Infelizmente, algumas pessoas, sem conhecimento prévio, estão falando nas redes sociais que isto é uma forma de restringir o acesso, monopolizando a montanha para uso comercial, onde apenas as agências de turismo terão acesso. Na verdade a montanha vai continuar sendo público. No futuro, se você tiver os equipamentos de segurança necessário poderá subir a montanha sem contratar uma agência. E caso não tenha os equipamentos de segurança e quiser subir sem incorrer à risco, poderá contratar uma agência. O que não pode acontecer é ver gente subindo a montanha de chinelo, sem a mínima noção de perigo e preparo.

Ainda sobre o Penedo, desde o dia 17 de julho de 2015 a travessia da Baia de Vitória com os catraieiros está suspensa por um ano para realização de uma obra no cais de Atalaia. Com isso, durante esse período, não será possível acessar de barco a base das vias do Penedo.

Postagens relacionadas

One Response

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.