Serenity Crack Capixaba

_DSC2739

Santa Joana.

O Espírito Santo deve ser o estado mais “pedregoso” do Brasil, mas também deve ser o menos “fendado”! O que tem de pedra é impressionante e o que não tem de fenda é igualmente impressionante. Por isso, quando surge uma “fendinha” perfeita, a comunidade entra em frisson!

E uma dessas fendas “recentemente” descoberta fica num pequeno totem em Santa Joana, norte do estado. O local, para os padrões daqui, é bem fendado com pelo menos sete linhas, mas uma fenda em particular chama a atenção pela perfeição. Tal fenda, conquistada pelo Sandro e Porko no ano passado, batizada de “Inconsciente Coletivo” e é uma fenda frontal única de aproximadamente 70m de dedo e punho.

No último sábado, fomos eu, Sandro, Amaral, Gillan e Zé conhecer o famoso totem e provar a Serenity Crack Capixaba.

_DSF8499

Amaral se entendendo com a fenda na 1a enfiada.

_DSF8494

Esparadrapo para aguentar os cristais afiados!

_DSF8510

Sandro na 2a enfiada, já no trecho “mais light” da via.

Não preciso nem dizer que tomamos um baile da fenda, menos o Sandro que conseguiu mandar os 40m em top. Para mim foi um aprendizado de humildade só para lembrar que sou um zero à esquerda nas fendas e que ainda tenho um longo processo de aprendizado pela frente. Mas no geral foi uma escalada muito bacana e estou para dizer que essa via deve ser a melhor fenda em livre do ES.

_DSC2736

Os amigos!

2015.03.22_Santa Joana

Postagens relacionadas

Comentários

Uma resposta em “Serenity Crack Capixaba”

[…] No ano passado, Sandro, Zé, Gillan, Amaral e eu fomos a Santa Joana, um distrito da cidade de Itagu… (160km de Vitória) para conhecer um famoso setor de escalada em fenda. Na ocasião entrei numa via chamada “Quem matou Joana d’Arc” “Inconsciente Coletivo”, uma fenda frontal perfeita e vertical (de verdade!) de aproximadamente 70m divida em duas enfiadas de 40m e 30m respectivamente. Naquele dia tomei (mais) uma das maiores surras da minha vida e fui solenemente expurgado da fenda. […]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: