2a Copa Capixaba de Escalada de Dificuldade – Inscrição

Aspectos Gerais

A 2a Copa Capixaba de Escalada de Dificuldade será realizada no dia 30 de julho, domingo, no ginásio de escalada do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES) em Venda Nova do Imigrante (R. Elizabete Perim, s/n – São Rafael)

Filtrar por


Categorias e etapas

O evento será uma competição guiada em muro de escalada indoor com duas categorias (feminina e masculina) e será disputado em duas etapas: Classificatória e Final.

Condições gerais

Para participar do evento, o competidor deverá ter noções básicas de escalada assim como estar apto a guiar uma via de escalada.

Cada participante ficará responsável pelo seu equipamento de segurança e de escalada (cadeirinha homologada em boas condições de uso, sapatilha e saco de magnésio).

O uso do capacete não é obrigatório, mas caso sinta se mais seguro, poderá usá-lo.

Não será permitido escalar com mosquetão, cordelete ou qualquer outro equipamento preso à cadeirinha, assim como utilizar fones de ouvido durante a escalada.

A organização do evento irá dispor aos participantes a corda de escalada, as costuras já colocadas e o segurança.

Para entrar no IFES é obrigatório a apresentação de um documento de identificação.

Cronograma

O evento irá iniciar no domingo pela manhã às 9h com o briefing de segurança. Às 10h será dado início a Classificatória Feminina e logo em seguida a Classificatória Masculina. A etapa Final será realizada a partir das 15h com a participação dos 6 melhores colocados de cada categoria e a classificação final será a somatória das duas etapas.

Inscrição

Para participar do evento, o competidor deverá acessar o site da Associação Capixaba de Escalada – ACE, preencher o formulário e realizar o pagamento da inscrição na agência/conta indicada. É muito importante que seja enviado por e-mail o comprovante de pagamento e aguardar o e-mail de retorno confirmando a inscrição.

O valor da inscrição será de:

R$ 25,00 para sócios em dia da ACE;
R$ 40,00 para não-sócios e sócios com mensalidade em atraso (últimos 6 meses).

Todos os inscritos terão direito a uma camiseta do evento.

As vagas estarão limitadas a 30 participantes no total (feminino + masculino).

O evento

No dia do evento, domingo, dia 30, o participante deverá chegar até as 9h da manhã na área do evento para participar do briefing de segurança. A participação no briefing é obrigatória à todos os participantes.

Após o briefing, os participantes da categoria Feminina serão levados à “Área de Isolamento”, local onde os mesmos permanecerão isolados do resto das pessoas e sem a possibilidade de ver a escalada dos outros participantes.

Durante esta etapa, os participantes da categoria masculina poderão ver a escalada do Feminino.

A área de isolamento será uma área restrita, onde poderão permanecer apenas os competidores e um acompanhante caso seja necessário. O acompanhante que permanecer na área de isolamento deverá seguir as mesmas regras dos participantes.

Na área do isolamento não será permitido o uso de celulares, os mesmos serão recolhidos no momento da entrada e devolvidos ao fim de cada etapa.

Ao fim da escalada da Categoria Feminina, os participantes da categoria Masculina serão encaminhados à área de isolamento.

Antes do início de cada fase e categoria, todos os participantes serão levados ao muro de escalada para realizar a visualização prévia da via (5 minutos) juntamente com o Route Setter para sanar todas as dúvidas.

Durante a visualização será permitido usar binóculos, assim como fazer anotações com papel e caneta. Não será permitido tirar foto da via.

Ao fim da fase de visualização os participantes serão levados de volta à área de isolamento.

A ordem de escalada na fase Classificatória será decidida pela organização do evento e a lista afixada na área de isolamento. Para a Final, a ordem de escalada será a inversa da colocação da Classificatória.

Quando o escalador for chamado na área do isolamento, o mesmo deverá se encaminhar para área de trânsito, onde irá realizar o encordamento acompanhado do segurança, assim como calçar a sapatilha de escalada.

O nó de encordamento deverá ser obrigatoriamente o nó oito com arremate atado diretamente na cadeirinha.

Quando o competidor for chamado para escalada, ele será encaminhado para o muro de escalada e terá mais 30 segundos para iniciar a escalada.

A escalada será dado como iniciada no momento que tirar o último membro do chão, não podendo mais retornar ao chão sob pena de finalizar a tentativa.

Cada participante terá apenas uma tentativa por via.

O tempo máximo para concluir a escalada será de 5 minutos.

O início da via será devidamente marcado com fitas, assim como o fim.

O escalador deverá realizar a progressão usando apenas os apoios permitidos (agarras, volume e aresta) e costurar todas as proteções na ordem até a agarra final.

A escalada será finalizada:

  1. Ao completar a via sem queda e sem penalidades (costurar a última proteção e dominar a agarra final) dentro do tempo estipulado;
  2. Ao passar o tempo máximo para escalada (5 minutos);
  3. Ao sofrer uma queda;
  4. Voltar ao solo após iniciar a escalada;
  5. Usar apoio não permitido (chapeleta, costura, corda, ou área não permitida devidamente demarcada);
  6. Pular uma costura;
  7. Costurar errado (backflip e Zclip) e não corrigir antes de proteger à próxima proteção;
  8. Passar a costura com o corpo sem clipá-la;
  9. Quando o juiz de prova considerar que a escalada poderá comprometer a integridade física do participante.

Em todos os casos acima, a pontuação será contabilizada até o ponto em que ocorrer a finalização.

Ao terminar a sua participação o competidor não poderá retornar à zona de isolamento.

Na fase final, os 6 melhores classificados de cada categoria passarão para esta etapa. Em caso de empate na 6a colocação, todos que ficaram nesta posição passarão para final.

Caso o participante não complete a escalada, sem cometer penalidades, a última agarra dominada será considerada na pontuação. Entende se por agarra dominada, fazer uso da agarra e mostrar domínio sob o movimento. Caso o escalador realize uma intenção de movimento para próxima agarra será considerado como “intenção de movimento” (+), pontuando mais que uma agarra dominada.

Em caso de empate, o tempo de escalada será utilizado como critério de desempate. O competidor que chegar ao mesmo ponto de escalada em menos tempo terá vantagem sob outro.

Incidente técnico

É considerado incidente técnico qualquer evento que resulte em uma desvantagem ou injusta vantagem para um competidor e que não foi causado pelo próprio participante (agarra solta, agarra quebrada, corda justa do segurança).

Caso venha ocorrer um incidente técnico, o escalador poderá:
Finalizar a escalada imediatamente e reportar ao juiz de prova para que seja analisado. Caso a reclamação seja procedente, o participante será encaminhado à uma área restrita, para uma nova tentativa;

Caso entenda que o incidente não prejudique a escalada, o participante poderá optar por prosseguir a escalada e reportar o evento ao final. Neste caso, não serão aceitos recursos relacionados a este incidente.

No caso de uma nova tentativa, será considerado a maior pontuação para classificação.

Recursos

Todo recurso deverá ser feitos na forma escrita e ser assinado pelo participante. Caberá aos juízes analisar e emitir um parecer para cada caso.

 

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.