Kurumi

  • Caio Afeto na via Priapismo (7c).

Três semanas atrás, iniciamos os trabalhos de regrampeação no Complexo de Viana. Na semana passada, não conseguimos voltar por causa da passagem da tempestade subtropical Kurumi que deixou um rastro de destruição no Estado, principalmente na região sul. Já no último domingo, o Sol deu as caras e Poul, Afeto e eu retornamos à pedra para continuar os trabalhos.

Como o dia estava muito abafado e a parede fica na sombra somente a partir do meio-dia, saímos de Vitória sem pressa e ainda arrumamos um tempo para o Afeto saltar de uma antena no caminho.

Uma antena para começar o dia.

Mais uma vez fizemos a longa peregrinação conversando com todos os moradores da região para estreitar as relações e tentar criar um bom ambiente de convívio.

Nesse dia, requipamos a via “Monção” (7b) que foi conquistada em 2008 e estava com as chapeletas bem ruins. Além disso, alguém removeu as duas primeiras proteções da via, deixando a inutilizada.

Beta master para escalar dois dias.
Escalando a via Priapismo (7c). Foto: Poul.
Estudando a via.
Trocando as chapas da via Monção. Foto: Caio Afeto

Aproveitamos a corda fixa e conquistamos uma variante à direita da Monção que compartilha a primeira proteção e depois segue independente até o topo. Ainda tentamos uma saída direct, mas essa ficou de “tema de casa”.

Poul equipando o novo projeto.
Afeto trabalhando uma variante da Kurumi.

Batizamos a variante de “Kurumi”, fazendo uma alusão a “tempestade” constante que o “segue” fica exposto por conta da “cachoeira” que se forma ao lado da via depois da chuva.

Agora é esperar secar a via para fazer o first ascent!

Postagens relacionadas

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.