Muro de Fátima, a pedra fundamental

Visão panorâmica do galpão.

No início do ano, a escalada esportiva capixaba teve uma grande baixa com o fechamento do Muro do Porko que acabou se refletindo na pedra. Tivemos uma queda significativa de escaladores frequentando o Calogi e outras áreas esportivas. Muita gente parou de escalar, outras ficaram só nas paredes e só uma meia dúzia de fanáticos continuaram frequentando o Calogi.

Depois do fechamento, concentramos os nossos esforços em busca de um espaço para um novo muro. Galpão, fundos da casa de alguém, espaço comercial, academia, bombeiros… Qualquer 100m2 estava valendo!

E quando parecia que não íamos conseguir nada, eis que surge uma esperança… Um galpão relativamente grande no Bairro de Fátima com um aluguel dentro do que estávamos deslumbrando. Bingo!!!!

A partir dai foram mais algumas semanas de negociação com a imobiliária, alvará da prefeitura, revisão do contrato e reconhecimento de firma para finalmente conseguirmos a chave do galpão!!!!!

Chave na mão, mãos à obra, ou melhor, mãos na planilha para desenhar o muro, planejar a execução e orçar tudo… Mais trabalheira…

A ideia é essa:

Um módulo de 6,6m de largura por 3,5m de altura por 20 graus de inclinação e no lado oposto um módulo de 40 graus com as mesmas medidas. Como a estrutura do galpão é bastante simples, optamos por um módulo totalmente auto-sustentável sem fazer um furo na parede.

Agora, se vai ficar assim, ai já são outros 500…

Confesso que tudo isso me deu muita dor de cabeça e às vezes a vontade era de jogar tudo para cima e mandar longe, mas graças aos esforços da galera e aquele desejo de ter um ginásio exclusivo fizeram com que o projeto pudesse ser concretizado de alguma forma.

Agora é mãos à obra!!!! Ou mehor, mão à obra para vocês porque ainda estou afastado!!!

Postagens relacionadas

Uma resposta

  1. “Agora, se vai ficar assim, ai já são outros 500…”
    Lembra da nossa surpresa quando colocamos todas as estruturas de madeira do segundo módulo do muro lá na tua casa em Ivoti uma sobre a outra e elas estavam perfeitas, exatamente iguais? Impossível não ter a sensação de que alguma coisa saiu muuuito errado,
    hahaha

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.