Pancas

Pedra do Jacaré

Alt. 300m

Atualizado em: 31/10/2021

Tradicional

Como chegar

Saindo de Vitória, tome a saída norte pela BR-101 até João Neiva e depois a BR-259 até Colatina. Após passar a ponte sobre o Rio Doce, tome a ES-080 em direção ao norte até o trevo de Pancas (ES-341).  Siga pela rodovia que leva à Pancas e após o posto de combustível, fique atento a entrada para o Camping Cantinho do Céu,. Siga em direção ao camping pela estrada de chão e estacione o carro uns 200m antes do acesso ao camping.

Suba pelo cafezal até o ponto mais alto para encontrar o início da via “Casa da Mãe Joana”. 

Mapa
Filtrar por

A Pedra do Jacaré, juntamente com a Pedra do Camelo são as pedras com a maior concentração de vias tradicionais de Pancas. Em partes se deve ao fato de estar próximo ao camping Cantinho do Céu (menos de 300m). Atualmente a Pedra do Jacaré possui 5 vias.

Melhor época

Outono, Inverno e início da primavera.

Sol/sombra

Sombra pela manhã.

Onde ficar

Camping Cantinho do Céu (27) 99620-9357.

3/5

Casa da Mãe Joana

5o, VI, E3, D2, 330m

Data da conquista

06/06/2011

Conquistarores

Oswaldo Baldin, José Luiz, Hermes "Soldado"

Equipos

2 cordas de 60m; 7 costuras (algumas longas) e fita.

1a enfiada – Escalada fácil em linha reta pelo costão até a P1. II, 60m.

2a enfiada – Escalada fácil em linha reta até a 1a proteção fixa e depois segue à direita até a P2. III, 60m.

3a enfiada – Escalada em agarrência em placa mais inclinada com um crux bem definido na parte mais vertical. No final, uma bela sequência de agarras em veio leva à P3. VI, 45m.

4a enfiada – Enfiada em diagonal com crux de VI entre a 3a e a 4a proteção. Atentar que no croqui original a linha sugere que a 4a proteção está a direita, mas ela está à esquerda. Depois a via segue à direita até a 5a proteção. Essa proteção foi colocada em 2014 pelo conquistador. Em alguns croquis, a proteção pode não estar representada. A parada está depois do platô na base do veio de cristal. VI, 60m.

5a enfiada – Enfiada com 2 proteções fixas e um Camalot opcional antes da parada. A enfiada segue pela esquerda em leve diagonal até a fenda do Camalot, depois a linha segue à direita até a parada num platô. Orientação difícil por causa da vegetação. IV, 55m.

6a enfiada – A enfiada sai pela direita até um bloco com árvore e depois segue contornando a vegetação pela direita, onde a próxima proteção se encontra. Depois segue à direita até o cume. Parada natural. III SUP, 60m.

Descida – Descida pela própria via ou pela Presente d´ Águia.

4/5

Cavalo Velho

(5o, VIIa, D3, E2, 250m)

Data da conquista

18/04/2021

Proteções

Chapeletas galvanizadas com paradas Pingo.

Conquistarores

Pedro Bugim, Laura Petroni

Equipos

Duas cordas de 60m; 10 costuras, sendo algumas longas.

1a enfiada – Enfiada de 30m bem protegida. Após a chuva, o início poderá estar úmido.

2a enfiada – A linha segue pela canaleta à esquerda e depois da parada intermediária, segue em diagonal à esquerda até a parada que fica no início do trecho mais vertical da parede.

3a enfiada – Enfiada vertical que vai aumentando a dificuldade progressivamente. Parada confortável em um buraco. 45m

4a enfiada – Enfiada curta e vertical bem protegida. 30m.

5a enfiada – Crux no início da enfiada. O ideal é clipar a primeira proteção em artificial e escalar o lance. Depois, a enfiada segue em diagonal à direita.

6a enfiada – A linha segue à direita, com um crux na saída e depois segue em direção ao platô. Se usar bastante fita longa é possível esticar a corda até a parada evitando a parada intermediária.

Descida – Descer até a P4 com corda simples. Da P4 descer com corda cheia usando duas cordas de 60m. Também é possível descer toda via usando corda simples de 60m usando as paradas intermediárias.