Muro da ACE, 10 anos

Em julho, mais especificamente no dia 4, o Muro da ACE completou 10 anos de vida! Dez anos são muitos anos! Muitas histórias e muito aprendizado naquele pequeno galpão sempre sujo e cheio de pó.

O muro da ACE nasceu com o fechamento do Muro do Porko (2008-2012) que era um espaço consagrado da escalada capixaba. Esse muro ficava nos fundos da fábrica do Porko, a Destak, no Bairro de Maria Ortiz. Um dia o Porko nos enxotou de lá e ficamos órfãos.

Antigo muro do Porko.

Despejados, num belo dia, o Lucas achou, sem querer, um galpão nos fundos de um imóvel e ali alugamos o espaço para construir o que viria ser a Sede da ACE.

Primeira foto do muro. Espaço antes da montagem do muro.

A construção começou assim que alugamos o galpão (06/2012). A concepção do projeto foi construir um muro auto-portante, sem fazer nenhum furo na estrutura do galpão, de tal forma que se precisássemos deixar o imóvel, poderíamos levar para qualquer outro espaço de forma bem barata.

Assim nasceu a ideia de construir uma caixa com um muro de frente para outro. De um lado, um muro de 20 graus e do outro um de 45 graus com 6,6m de largura. Como na época tínhamos um orçamento limitado, tivemos que limitar a altura em função dos colchões. Não adiantava fazer alto se o colchão não fosse adequado, com isso limitamos em 3m de altura para manter uma boa margem de segurança.

Projeto do Muro.

O muro foi construído a base de trabalho voluntário, não pagamos ninguém para levantar toda estrutura. Foram longas noites de trabalho e aprendizado naquele galpão mal iluminado. Até festa de aniversário tivemos lá enquanto trabalhávamos!

Fases da construção do muro.

A inauguração aconteceu na noite do dia 4 de julho, com direito a espumante e tudo mais! Acho que foi um marco importante para história da escalada capixaba.

Inauguração. Foto: Danilo Monstro.

Desde então, o espaço vem abrindo religiosamente todas as 3a e 5a da 18h às 21h. Em alguns períodos chegamos a abrir 2a e 4a, mas nunca conseguimos engrenar bem essas dias.

Em agosto de 2015 realizamos o primeiro evento de grande porte, o Serra Master, um pequeno festival de boulder. O evento foi um sucesso e no ano seguinte repetimos a dose com a segunda edição.

Serra Master, 1a edição em 2015.
Festival Serra Master, segunda edição.

Já nessa época começamos a ter problema de proliferação das brocas nos compensados. Quando construimos o muro em 2012, na metade do muro usamos chapas novas e na outra reaproveitamos as chapas do muro do Porko. Por isso, já em 2015 realizamos algumas substituições, mas a situação ficou bastante crítica e em 2017 realizamos a substituição de todas as chapas, onde jogamos fora tudo que era madeira velha, inclusive as agarras e volumes por material tratado a fim de eliminar a praga.

Troca de uma das chapas.

É claro que a troca das chapas foi motivo para realizou outro “evento” no muro, mas dessa vez mais simples.

Neste link tem um post de 2017, falando sobre os 5 anos do muro.

Em 2019 realizamos um pequeno festival de boulder para inaugurar um terceiro módulo que foi construído nos fundos, o temido slab.

Meses depois, já em 2020, um pouco antes da pandemia realizamos mais um festival, a Noite das Fitas e logo depois a Noite das Mulheres.

Festa junina na ACE.
Foto oficial: Noite das Fitas
Foto oficial da Noite das Mulheres.
Em 2018 foi realizado uma obra no módulo de 45 graus para diminuir a inclinação para 35 graus.
Amanda escalando no slab.

Olhando os primórdios do muro em 2012 e olhando hoje, uma das coisas que chama a atenção é a evolução das agarras. Lembro que naquela época era muito difícil conseguir agarras de qualidade. Tínhamos basicamente as minhas agarras da Sauro que tinha trazido do Rio Grande do Sul, um lote de agarras da Metolius que consegui trazer de fora e mais um lote de agarras que conseguimos de São Paulo com o fechamento de uma das Casa de Pedra. E só!

Foi somente nos últimos anos, com a expansão do mercado da escalada indoor que finalmente conseguimos ter acesso à agarras de qualidade dentro dos moldes que vemos hoje na Europa e Estados Unidos. É claro que ainda estamos longe do desejado, mas pelo menos em termos de spray wall, arrisco a dizer que a ACE tem o melhor spray wall do Brasil.

As fotos abaixo mostram um pouco a evolução das agarras no muro.

Set de agarras iniciais, ainda sem os volumes.
Idos de 2017, já com os volumes, mas ainda sem as agarras grandes.
Abril de 2022, set mais moderno, misturando agarras grandes de fibra com volumes em madeira.

O reflexo da qualidade do muro também se refletiu no desenvolvimento da escalada no estado. Com certeza o muro permitiu elevar o nível da escalada capixaba, tanto na rocha quanto nas competições. Nas competições, escaladores como Pedro Graveto e Yasmin se beneficiaram do espaço para alçar voos nos campeonatos nacionais e trazer títulos para o estado. Na escalada em rocha, várias ascensões importantes foram possíveis, em parte, graças aos benefícios do muro. Eu mesmo me beneficiei muito na rocha treinado no muro.

Desde que o muro nasceu, em sua essência, o espaço sempre deu muita ênfase a parte de treinamento. Quem frequenta o muro vai para treinar. Esse é o ponto forte e, ao mesmo, o ponto franco, pois acabamos deixando um pouco de lado a parte recreativa. É comum chegar no muro e ficar ouvindo o som dos alarmes avisando que o tempo de descanso acabou, ou o som dos contadores de séries do finger.

Outro desafio do muro é a parte financeira que, desde o primeiro mês, precisou lutar para se manter em dia. Como o espaço é sem fins lucrativos, sempre trabalhamos com margem zero, tentando sempre beneficiar os sócios a baixo custo. Inclusive, um levantamento recente mostrou que em 10 anos o muro ficou no zero a zero em termos financeiro.

Para o futuro teremos novos desafios à frente. Em breve irá abrir um novo empreendimento privado, mais moderno e melhor localizado na cidade. Ainda estamos pensando se vamos encerrar as nossas atividades e se juntar a eles ou seguiremos independente. De todas as formas, a boa notícia é que o esporte está em voga e temos boas oportunidades para aproveitar esse momento e crescer juntos.

Por hora, meus agradecimentos a todas as pessoas que de alguma forma ajudaram ou seguem ajudando para que esse espaço comunitário siga funcionando a todo vapor!

Comentários

Uma resposta em “Muro da ACE, 10 anos”

Belo registro histórico!
E parabéns pela sua dedicação japa!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: